Direção defensiva: como dirigir com crianças dentro do carro

Direção defensiva: como dirigir com crianças dentro do carro

Lembra quando você era criança e andava no porta-malas do carro? Ou no colo de alguém no banco da frente? Ou mesmo no colo do próprio motorista? Bom, tudo isso ficou beeem no passado. A segurança cresceu e hoje a gente já sabe a importância dos cuidados com as crianças a bordo… Mas sabe mesmo? O Dr. José Montal, presidente da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego), vai explicar como transportar crianças com mais segurança, obedecendo às indicações de direção defensiva.

Direção defensiva: criança no banco de trás

Tempos atrás, os automóveis não eram assim tão seguros. A estrutura tinha falhas que não inibiam o impacto de um acidente tão bem quanto os carros de hoje. “O cinto de segurança só se tornou obrigatório em 1998. O Contran só estabeleceu a resolução 277 dez anos depois, obrigando crianças a usarem um dispositivo de retenção no transporte” explica o Dr. José.

Dispositivo de retenção é a famosa cadeirinha do banco de trás, ou o bebê conforto adaptável para carros. Hoje, os carros brasileiros são construídos de modo que qualquer cadeirinha pode ser usada no banco, “porém existe mais de um tipo de encaixe e o recomendável é que os pais comprem veículos ou cadeirinhas que tenham Isofix, um sistema de retenção, aprovado pelo Inmetro”, explica.

A Abramet tem uma diretriz médica para ajudar o motorista no transporte dos pequenos: criança no banco de trás, de preferência ocupando a posição central do banco. Dr. José afirma: “Depois da resolução, observou uma redução de 25% de óbitos de crianças em acidentes de carro.”

Onde que encaixa?

Na cadeirinha, a criança precisa usar o cinto de segurança e deve estar confortável. “Cada idade, tamanho e peso se exige uma cadeira especial e o cinto na posição correta, sem ficar folgado. Quanto mais pontos de fixação, menos energia será gerada em um impacto” aconselha.

Já um bebê, nos primeiros meses de vida, tem a musculatura do pescoço muito fraquinha. “Por isso, ele precisa sentar na direção contrária em que o veículo está andando, de costas, olhando para a traseira. A chance de acontecer uma colisão traseira é muito menor.”

Veja no infográfico qual tipo de cadeirinha é a melhor opção para cada caso:

Ei, você já conhece o Seguro Auto da Youse? Ele é do seu jeito, feito pra facilitar a sua vida! Clique aqui e conheça mais!