Entenda o que é a velocidade média e como evitar passar do limite

Entenda o que é a velocidade média e como evitar passar do limite

Tem muita gente que pisa no freio assim que vê um radar, mas volta a acelerar sem medo logo depois que passa por ele. Parece uma garantia de evitar um flagra de excesso de velocidade. Acontece que desde o dia 1 de novembro do ano passado, a CET passou a monitorar e notificar motoristas que atravessassem radares acima da velocidade média em algumas vias de São Paulo.

Mas, afinal, o que é a tal velocidade média?

Você se lembra das aulas de matemática da escola? A velocidade média é dada pelo resultado da divisão entre o comprimento percorrido de uma via pelo seu tempo de percurso.

Nazaré confusa

Fica mais fácil de entender explicando assim: pense em uma rua com dois radares e velocidade máxima de 50 km/h. Se você passar com o carro no primeiro radar, ele faz um registro da hora e da velocidade. Se você chegar ao segundo mais rápido do que seria possível a 50 km/h, quer dizer que você passou do limite em algum momento.

Mas calma, ainda é apenas uma experiência! A CET não está aplicando multas nesses casos. Apenas advertências, que são enviadas aos motoristas que passaram pelos trechos monitorados. Segundo a companhia, o foco da ação é alertar para uma prática mais consciente no trânsito. Já no primeiro mês de vigência, mais de 230 mil motoristas foram flagrados acima do limite.

O melhor jeito de evitar qualquer risco é dirigir sempre abaixo da velocidade máxima indicada na via. Caso você tenha passado do limite em algum momento, alivie um pouco o pé do acelerador no restante do caminho pra compensar.

Fazendo média

A velocidade média também pode ser calculada em trechos maiores. Como uma viagem inteira, por exemplo. Se você não varia muito entre acelerar e frear, a velocidade do seu carro fica mais constante, o que traz muitas vantagens. Segundo Francisco Satkunas, engenheiro e conselheiro da SAE Brasil (Sociedade de Engenheiros da Mobilidade), essa prática é responsável, principalmente, pela segurança ao dirigir e controlar o veículo, o que ajuda a evitar colisões com pedestres, animais e obstáculos. Não variar muito na aceleração também preserva o carro e economiza combustível. “O que mais desgasta o veículo é o ‘anda e para’ do trânsito. Esse é o motivo principal de crescimento do número de carros com transmissão automática” explica Satkunas.

A velocidade média também pode ser utilizada pra saber como está o trânsito de uma região em determinado horário, justamente calculando quanto tempo demora para um carro passar entre dois pontos. É assim que apps como o Waze conseguem dizer pra você quando uma via está muito congestionada. Ao monitorar as principais vias da cidade, a CET de São Paulo pode, por exemplo, apontar que os carros em 2016 rodaram em uma média de 25,5 km/h pela manhã e de 20 km/h à tarde. Quem diria que aquelas aulas de matemática na escola iriam te ajudar a economizar tempo e dinheiro?

Dirigir seu carro pode ser ainda mais divertido
Dirigir seu carro pode ser ainda mais divertido

Hoje, existem aplicativos que permitem analisar a forma como você dirige, tipo o Youse Trips. Uma de suas funções é informar qual foi a sua velocidade média no trajeto percorrido e se você rodou sem cometer nenhuma infração.

Saiba mais