Start: Como a realidade virtual pode ser usada para superar o medo

Start: Como a realidade virtual pode ser usada para superar o medo

Mesmo recente, a realidade virtual é uma das tecnologias mais promissoras. Seja para se divertir, aprender ou trabalhar, os recursos de imersão em um ambiente virtual devem se tornar cada vez mais comuns. É um mercado que mais que dobrou de tamanho entre 2017 e 2018 e que deve chegar a US$ 19 bilhões em vendas diretas até 2021.

E assim, novas ideias começam a explorar esse recurso. É o caso da Fearless VR, uma startup criada pelo engenheiro de software Tim Suzman com um objetivo: ajudar as pessoas a superarem suas fobias.

Ao colocar os óculos, você é transportado para situações com seus maiores medos: na versão atual, o foco é em aranhas. Desde um desenho bem simples até uma bem realista em uma mesa (virtual) bem ao seu lado. Uma voz acompanha as etapas, ajudando a tranquilizar e lidar com cada momento. “Você está tentando superar seus medos e a melhor maneira de fazer isso é enfrentando. Mas você está fazendo em um ambiente controlado, no seu próprio ritmo”, explica Tim.

No futuro, a ideia é oferecer situações realistas para lidar com outros medos, como altura, voar e lugares muito cheios. Sempre com a consultoria de psicólogos especialistas em fobias, na segurança da sua casa.

Confira o episódio de Start sobre o Fearless VR e, para comprar a versão atual, visite o site oficial (www.fearlessvr.com).