5 itens para você ficar de olho no seu carro

5 itens para você ficar de olho no seu carro

Existem alguns itens bem básicos que o próprio dono pode acompanhar no carro. São eles que ajudam a manter tudo rodando numa boa em qualquer viagem. E cuidar deles é o que a gente chama de manutenção preventiva, que é bem simples de fazer. Veja onde é bom manter a atenção:

Óleo

O óleo do motor garante que ele gire corretamente, já o óleo da direção hidráulica é o que ajuda a fazer curvas com tranquilidade, enquanto o óleo do freio faz seu carro parar quando você pisa no pedal. Todos eles precisam estar no nível certo. É só seguir a indicação apontada no manual do carro ou pedir a ajuda em um posto de combustível de sua confiança.

É importante sempre completar esses fluidos com o mesmo tipo e qualidade recomendados no manual“, alerta Rubens Venosa, engenheiro mecânico e proprietário da oficina Motormax, em São Paulo. O especialista aproveita para dar uma dica importante: “Se qualquer um desses fluidos estiver muito baixo entre uma olhada e outra (que deve ser feita a cada 20 dias), é porque há um vazamento. Então o ideal é ir a uma oficina”.

Água

A água é importante pro seu carro. No radiador, ela ajuda a manter a temperatura do motor baixa, enquanto no limpador de para-brisa, ela deixa tudo mais claro para você enxergar. Em ambos os casos, porém, não basta deixar o nível correto. É importante usar os fluidos adequados em cada um.

O fluido da água do radiador pode ser comprado em muitas lojas e postos de combustível e permite que a temperatura do líquido seja a ideal para resfriar o motor. Já no limpador, o fluido ajuda na limpeza caso alguma sujeira grude no vidro (mas atenção para não colocar detergente comum, já que os resíduos dele no vidro podem atrapalhar ao invés de ajudar).

Luzes

Você sabe se todas luzes do seu carro estão funcionando? Elas são um item importante de segurança e podem até render multa e apreensão do carro se não acenderem corretamente. Você pode pedir a ajuda de um frentista amigo para checar se os faróis e as luzes de freio estão acendendo quando você der uma paradinha no posto. É rápido e, caso você veja que precisa trocar alguma, pode fazer na hora.

Limpadores


É sempre assim: só quando começa a chover que a gente lembra que os limpadores de para-brisa estão velhos. Mas é assim mesmo. Eles duram cerca de um ano, pois a borracha vai ressecando por efeito do sol e da água. “Ninguém dá muita importância, mas é de extrema necessidade e segurança em dias de chuva”, alerta Venosa.

Se os limpadores estiverem fazendo muito barulho ou deixando marchas ao passar pelo vidro, é hora de substituir. Basta escolher um modelo que atenda ao seu carro, e isso você encontra logo na embalagem.

Pneus


Todo o conforto e segurança do seu carro dependem dos pneus. E você cuida disso verificando primeiro a calibragem (mais um serviço que você pode pedir de graça no posto, ou mesmo enquanto abastece, para otimizar o tempo). A calibragem correta a ser usada costuma estar escrita no batente da porta do motorista ou na portinha do bocal de combustível. É um número indicado em PSI que tem uma medida para o carro vazio e outro para ele cheio.

“É importante ficar atento, se um dos pneus perder pressão com mais frequência que os outros entre as calibragens, é um sinal de que o ar está vazando e é bom visitar um borracheiro”, orienta Venosa.

O desgaste dos pneus é outra coisa que você pode saber só de olhar. Nas ranhuras dele, é possível ver um pequeno ressalto que indica o ponto máximo de desgaste. “Se esse ressalto já estiver na mesma altura do restante do pneu, é hora de trocar”, avisa o engenheiro.

Perca o medo da oficina

Se tudo isso parecer muito trabalhoso, lembre-se que a manutenção preventiva não apenas garante sua segurança como é muito mais barata do que fazer uma manutenção corretiva depois. E você não precisa passar por isso sozinho. Em qualquer dúvida sobre seu carro, faça uma visita a uma oficina, onde a avaliação deve ser feita sem custo nenhum. “É apenas depois da avaliação que é feito um orçamento, onde o cliente decide se quer ou não fazer o serviço”, orienta Rubens Venosa. De quebra, você ainda aproveita para tirar todas as suas dúvidas e ficar bem informado para escolher o melhor pro seu carro.