Como escolher a bike certa para você?

Como escolher a bike certa para você?

Andar de bicicleta te deixa menos estressado, dá mais tempo para aproveitar a semana e faz gastar menos. É o que o relatório do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) diz: quem vai trabalhar de bike passa menos tempo no trânsito, sente menos desconforto e mais prazer ao circular pela cidade.

VEJA+: Será que você sabe mesmo andar de bike?

Ainda segundo o relatório, cerca de 38% de viagens realizadas por ônibus (o modal favorito do paulistano) poderiam ser realizadas de bicicleta. Sabe o quanto é isso? Pasme: aproximadamente 3 milhões de viagens por dia.

Se você foi impactado e quer mudar o seu estilo de vida, a gente te ajuda a dar as primeiras pedaladas.

Uma bike para chamar de sua

Primeiro de tudo, entenda qual será a finalidade da sua bike. Vai andar pela cidade ou praticar um esporte radical? É necessário saber qual será a finalidade para que você faça a compra certa, já que – por exemplo – você pode escolher uma que tenha o aro menor, seja mais leve, porém não tenha tanta autonomia, o que pode dificultar o seu dia a dia.

“Para a cidade, eu recomendo bicicletas dobráveis com aro 20 ou elétricas, híbridas ou urbanas”. Assim diz Gustavo Angimahtz, diretor da Pediverde Cicloturismo, uma agência de turismo que promove passeios sustentáveis.

Dobráveis

As bicicletas dobráveis são mais indicadas para quem tem carro, já que podem ser guardadas no porta-malas ou até mesmo levadas pra dentro do escritório. O aro 20 permite andar em subidas com mais facilidade, porém, pela roda ser menor, transmite mais os buracos. Também é mais difícil desenvolver velocidade nas descidas e nas retas.

Híbridas

Já as híbridas são uma mistura da bike comum com as de corrida. Elas podem, por exemplo, ter o pé de vela (a peça que une coroa, manivela e pedal) de bike de corrida, com as marchas de bike comum. São ótimas para a cidade porque você pode personalizar de acordo com a sua necessidade. “Se você mora em uma região com muitas subidas, dá para fazer uma bicicleta com uma relação de peças bem leve. Ou se as ruas são de terra, você pode colocar pneus de mountain bike”, diz Gustavo.

Urbanas

As urbanas são as bicicletas vendidas prontas. Geralmente os nomes indicam a finalidade, como “urban” ou “city” e elas permitem que você fique com a coluna mais ereta, numa posição mais confortável. Algumas têm até compartimentos para você guardar o seu material de trabalho.

Que tal uma elétrica?

As bikes elétricas são novidade no mercado e são ótimas por terem autonomia de 40 km a 60 km, o que permite que você vá e volte do trabalho sem nem se preocupar com a bateria.

Tem dois tipos: a que ativa o motor quando você pedala e a que você precisa apertar um botão, independentemente da pedalada. Elas podem ser boas opções para quem tem problema de mobilidade reduzida, pessoas com muita idade ou crianças.