Revisão de carros: quais cuidados devo ter no dia a dia?

Revisão de carros: quais cuidados devo ter no dia a dia?

Deixar a manutenção do carro sempre em dia é importante para evitar acidentes e garantir que você não terá gastos maiores com a oficina no futuro. Mas você sabe em quais peças ficar de olho? Reunimos algumas dicas da Proteste pra te mostrar os itens que precisam de uma atenção especial e qual é o momento certo de fazer as revisões.

Toda semana

Reservatório de água do para-brisa: verifique se é necessário completar o tanquinho com água e um detergente específico para o carro. Isso evita que a palheta seca deixe arranhões no vidro.

Óleo do motor: você pode encontrar no manual do seu carro a localização da vareta que é usada para medir o óleo do motor – ela possui uma marcação de “máximo” e “mínimo”. Mas pra conferir o nível certinho, o carro precisa estar parado em uma superfície plana e com o motor frio. Você deve retirar a vareta, limpar a ponta com um material que não solte fiapos e encaixar ela de volta no lugar.

Depois, gire a vareta para os dois lados e tire novamente. Aí, você vai conseguir ver a altura que a linha do óleo alcançou. Se estiver abaixo da marca de “mínimo”, complete com o produto indicado no manual do carro.

Água: Se o líquido estiver abaixo do nível mínimo, adicionar água com o líquido de arrefecimento na proporção recomendada pelo fabricante. Fazer esta verificação com o motor frio. Caso não seja possível, ter cuidado ao abrir o reservatório. O sistema é pressurizado e a água quente poderá espirrar.

Ar dos pneus: você pode fazer a calibragem em qualquer posto de gasolina, lembrando de verificar a pressão do estepe também. O ideal é que os pneus estejam frios e tenham rodado no máximo 3 km. Fique atento: se for necessário fazer a calibragem mais de uma vez por semana, é provável que o pneu esteja furado.

A cada três meses

Filtro de ar do motor: chegou a hora de substituir o filtro do motor. A troca pode ser mais frequente para quem dirige por lugares empoeirados ou estradas de terra, o que também exige uma maior atenção do nosso próximo item de revisão de carros.

• Alinhamento: Deve ser feito em uma oficina especializada e serve para ajustar os pneus de acordo com a direção do carro. O alinhamento evita que o carro fique puxando para um dos lados enquanto você dirige e que os pneus fiquem desgastados.

Todo ano

• Filtro de ar-condicionado: Vá até um mecânico de confiança para fazer a troca. Esse serviço é importante porque o filtro acumula impurezas que vão para dentro do carro e podem até causar doenças respiratórias, viu?

• Palhetas dos limpadores: Se a borracha dos limpadores estiver ressecada ou danificada, a palheta pode riscar o vidro do para-brisa. Você mesmo pode fazer a troca apenas encaixando uma peça nova do modelo apropriado para o seu carro.

• Fluido de freio: O mecânico deve conferir o nível do fluido e a validade do produto para fazer a troca. Um problema comum pode ser contaminação do fluido por sujeira e água.

Outros itens para ficar de olho

• Pastilhas e discos de freio: devem ser verificados na oficina a cada 5 mil km rodados. Normalmente, as pastilhas são substituídas a cada 30 mil km. Já os discos, a cada 60 mil km.

• Balanceamento: Se você estiver sentindo o volante do carro vibrar a partir de uma certa velocidade, pode ser um sinal de que as rodas estão desbalanceadas. Essa manutenção pode ser feita na sua oficina de confiança.

• Filtro de combustível: o ideal é fazer a troca do filtro a cada 30 mil km rodados, já que ele fica sujo com o passar do tempo e pode impactar no funcionamento do carro.

• Lâmpadas: dirigir com alguma lâmpada queimada é uma infração de trânsito e pode render multas, além de trazer riscos no trânsito. Faça testes acendendo os faróis, engatando a ré, dando seta e ligando o pisca-alerta. Se for necessário, vá até um eletricista especializado para fazer a troca das peças.

• Bateria: se você tentar ligar o carro e não conseguir, é possível que a bateria esteja descarregada. O mais indicado é comprar uma nova e fazer a troca. Fique ligado: a “chupeta” – que é quando você dá a carga na bateria com a energia de outra – não é recomendada. Esse recurso deve ser usado somente pra levar o seu carro até uma oficina.

Agora você já sabe como cuidar bem do seu carro, fazendo a revisão de carros no dia a dia. Quer ficar ainda mais protegido? Conheça o Seguro Auto Youse! Você escolhe as melhores coberturas e assistências e paga só pelo que contratar. Baixe o app na na App Store ou no Google Play e faça sua cotação agora 😉